30 de jun de 2010

Java Forever!

Uma típica família de classe média americana descobre que seu primogênito anda se aventurando com softwares open source... O melhor é a declaração bombástica: 'Dad, I use Java!'

ABC-3D

Genial livro da artista gráfica francesa Marion Bataille que reproduz o Alfabeto em 3D. Confira no vídeo abaixo e adquira por aqui

Saltando das páginas de empoeiradas pulp fictions


O fotógrafo Thomas Allen encontrou uma maneira genial de reutilizar sua velha coleção de pulp fictions. Gênero revisitado nas obras do cineasta Quentin Tarantino, as pulp fictions ou simplesmente pulp foram sucesso garantido de vendas nos Estados Unidos até meados da década de 60.


Com enredos policialescos, personagens para lá de caricatos e tintas carregadas de clichês, elas acabaram perdendo apelo no decorrer dos anos, sendo relegadas ao esquecimento nas prateleiras de bibliotecas populares.  


Fã e colecionador convicto de obras do gênero, Allen fez das capas de exemplares gastos e empoeirados o palco perfeito para sua arte.
 






 (Referência: Zupi)

29 de jun de 2010

Abaixo a Sisudez


A arte grafiteira da dupla Interesni Kazki é inspiradora por si só. Não bastasse seu inegável talento, merece ainda mais crédito pelo feito de se valer como ambiente de trabalho das esquinas e muros normalmente sisudos da gélida Kiev, capital da Ucrânia.







Quebra-cabeças fotográficos


Em Scattered Images, o fotógrafo australiano Robert Birze explora composições sobrepostas que, em uma única cena, revelam diferentes possibilidades estéticas. Confira abaixo uma amostra do jogo de quebra-cabeças do artista:







27 de jun de 2010

Os Novos Maestros de Hamburgo

Se você mora em algum grande centro urbano, deixe de lado por um momento as buzinas, apitos e palavrões, pois foi justamente pensando que as cidades podem ter um som totalmente diferente que nasceu o projeto The Sounds of Hamburg.


Respirando o conceito de “Internet das coisas”, no qual objetos, pessoas e ambientes são integrados por meio de camadas de informações virtuais, a ação criada  na Alemanha pela Jung von Matt  para a Orquestra Filarmônica de Hamburgo funciona da seguinte forma: as pessoas selecionam câmeras que filmam o movimento das ruas de Hamburgo em tempo real. Depois atribuem a cada objeto (carros, trens, bicicletas e até mesmo pessoas) diferentes sons pré-gravados pela Orquestra.


Quando alguém ou algo passa ou se movimenta neste ponto marcado no ambiente,  o som do instrumento sugerido é automaticamente disparado criando uma dinâmica espontânea para a música clássica.


Interatividade em escala máxima por uma causa mais do que nobre! Confiram o vídeo de apresentação deste genial projeto logo abaixo:

25 de jun de 2010

The Tunnel - O filme que está desafiando Hollywood

Você estaria interessado em fazer parte da produção de um filme? Pois é, essa é basicamente a proposta de “The Tunnel“, um inovador projeto de crowdsourcing que está desafiando Hollywood.


A ideia é vender frames do filme por apenas $1 para conseguir levantar fundos para o que a Distracted Media está chamando de 135K Project, o custo necessário para que o filme seja finalizado ($135,000), e que será distribuído totalmente free via torrent.

Se der certo, estaremos diante de uma nova fórmula para as produções independentes, que desafia o poder dos grandes estúdios de Hollywood, e traz consigo um novo approach ao mundo do cinema, tanto na sua forma de produção quanto de distribuição.


As páginas do Facebook e a conta do Twitter do filme estão sendo constantemente atualizadas com novas fotos e materiais de divulgação do projeto. Abaixo uma sinopse em inglês e um teaser do filme, que será um mix de thriller e terror.

An investigation into a government cover-up leads to a network of abandoned train tunnels deep beneath the heart of Sydney. As a journalist and her crew hunt for the story it quickly becomes clear the story is hunting them.



(Referência: Y2)

24 de jun de 2010

Manchas que não saem

A agência Jess3 criou uma forma inovadora de lembrar as pessoas que o derramamento de petróleo, provocado pela empresa British Petroleum (BP) no Golfo do México, já dura dois meses.


Ao instalar o plugin Oil Spill no Firefox, “manchas de óleo” aparecem na tela toda vez que “BP”, “oil” e termos correlatos aparecerem no navegador (veja a lista completa aqui).

Uma forma criativa de gerar comprometimento.

(via Comunicadores)

E se as fotografias tivessem continuidade...

Imagine uma rede social de fotografias em que os usuários possam dar continuidade às fotos anteriores, utilizando algum elemento da imagem escolhido pelo seu predecessor... Destaque no último Festival de Cannes, a EOS Photochains, plataforma online desenvolvida para promover a Canon EOS, faz uso do  insight mais básico para os amantes da fotografia: inspiração.

O Jornalão Redivivo


Sim, pelo menos para o americano Nick Georgiou, o jornal impresso se perpetua, nem que seja por meio de outras facetas. Transformando papéis de edições de publicações descartadas em esculturas dispostas em locais diversos de Nova York, ele diz querer dar vida nova à palavra escrita cujo destino tem sido, convenhamos, cada vez mais duro...



Realidade Interrompida


Entre 2001 e 2003, Philip Toledano, famoso atualmente pelas suas inusitadas imagens que procuram materializar o imaginário humano - veja uma bela compilação aqui, construiu um ensaio fotográfico que continua perturbadoramente atual. Bankrupt é um exercício de "arqueologia econômica", diz o fotógrafo, já que é uma compilação de fotografias tiradas no interior de diversos escritórios recém abandonados, onde apenas ficaram os vestígios da atividade extinta e das vidas dos trabalhadores que por lá passaram.


Trata-se de um conjunto impressionante de retratos do vazio, de uma realidade interrompida.


 (via Obvious)

22 de jun de 2010

O Calçadão Artístico da Cidade Maravilhosa


Não é apenas pelas belezas naturais que o Rio de Janeiro é conhecido como Cidade Maravilhosa. Além do Pão de Açúcar e de suas belas praias, a cidade também é famosa por suas históricas calçadas feitas de pedras portuguesas.


Levando a cabo o termo “arte de rua”, as pedras que pavimentam as calçadas cariocas formam belos desenhos e geram composições visuais fantásticas. Algumas delas foram registradas por Bruno Veiga em mais um achado do Zupi:





20 de jun de 2010

O Resgate da Caligrafia Perdida

A marca de canetas Pilot lançou um aplicativo online genial que torna a letra de mão uma fonte editável. Confira o vídeo de apresentação abaixo:



O site é este aqui.

We.Music - Como a web revoluciona a música?

We.Music, produzido e dirigido pela Galeria Experiência e desenvolvido por Pix, Remix Social Ideas e MIS, é um interessante documentário sobre a transformação no campo da produção, distribuição e consumo musical causada pela revolução digital.

O documentário tem como foco a relação dos músicos com a internet, mostrando como eles ganham maior independência, criam novas possibilidades expressivas e abrem condições para viver efetivamente da música.



(via Carnet de Notes)

Play - YouTube + Guggenheim

O YouTube e a Fundação Solomon R. Guggenheim, responsável pelos museus Guggenheim, criaram no portal de vídeos o canal Play. A intenção é procurar as produções mais criativas feitas pelos internautas, que no final serão exibidas em uma Bienal YouTube no museu Guggenheim de Nova York.

Qualquer um pode participar. Bastar produzir um vídeo e inscrevê-lo na página.  As inscrições vão até o dia 31 de julho.

19 de jun de 2010

FullCodePress - Geeks em ação em prol de um mundo melhor


Além da Copa do Mundo de Futebol, outro torneio chama - ou pelo menos deveria - chamar a atenção neste final de semana. Acontece na Nova Zelândia, mais uma edição do FullCodePress, uma competição entre países onde o único objetivo é desenvolver, em não mais do que 24 horas, sites completamente funcionais para instituições sem fins lucrativos.

Participam do evento deste ano desenvolvedores dos Estados Unidos, da Austrália, além, obviamente, dos anfitriões. Uma das grandes sacadas é a possibilidade de acompanhar em real time os sites sendo construídos por cada uma das equipes. Basta clicar aqui  e escolher um dos países participantes ou simplesmete buscar no Twitter a hashtag #fcp10

Ok Go - a Banda 2.0

O Ok Go é uma banda de rock alternativo de Chicago - com um sonzinho bem mais ou menos - mas que,  muito provavelmente, foi a que até agora melhor soube utilizar o pensamento da Web 2.0 para se promover. Responsável por vários dos mais criativos videoclipes que se tornaram fenômenos de exibição no YouTube, ela utilizou com maestria e competência formatos consagrados de linguagem de vídeo na web.


Damian Kulash, vocalista da banda,  parodiando a clássica frase do The Buggles, 'Video Killed The Radio Star', acredita que a 'Internet Saved the Video Star'. Para ele, este meio é um novo mundo aberto de possibilidades infinitas de se ser criativo artisticamente.

Não deixa de ser pitoresco o fato da banda ter rompido com a Capitol, subsidiária da EMI, para montar o próprio selo, o Parachute, já que a gravadora não permitia que os vídeos fossem compartilhados na Internet...





Seu mais recente trabalho, o videoclipe “End Love”, está usando o Facebook como plataforma de promoção. Os usuários da rede social são convidados a fazer o download na página da banda e repostar o vídeo em suas páginas pessoais. Quem receber o maior número de comentários até o dia 30 de Junho ganhará um iPod recheado com conteúdos da banda de presente.

Confira como a filmagem, que foi rodada em mais de 21 horas contínuas, foi acelerada e desacelerada para produzir efeitos incríveis:



(Referência: Ideia Forte)

17 de jun de 2010

Como a Gatorade monitora o que falam na web sobre ela

Uma sala que fica no meio do departamento de marketing e que pode ser vista como uma sala de guerra. Sendo utilizada para o controle da marca, em tempo real e em todas as mídias sociais.


Essa sala, chamada de “Mission Control Center”, possui seis monitores grandes, com cinco lugares para a equipe de marketing da Gatorade que controla o número de visualizações em um painéis de dados – também disponível para os empregados em seus desktops. Sem palavras!



(via Y2)

16 de jun de 2010

iPhone Book



(via @frednavarro)

Mobília Viva

Imagine uma cadeira que se modifica para acomodar melhor seu corpo. Eis a idéia por trás da série de “mobília vivas” Jack!, criada pelos designers da Arthur Bodolec. Confira uma pequena amostra do conceito no vídeo abaixo.



(via Bola)

Muti - Um Folhetim 2.0 do Le Monde

Inspirado nos folhetins literários do século XIX, romances publicados de forma parcial em periódicos da época, e procurando fazer um link com o Mundial de Futebol na África do Sul, o jornal Le Monde lançou recentemente o projeto Muti, uma versão moderna do formato.


Embora tenha estranhamente obtido pouca repercussão internacional, o folhetim moderno escrito por Caryl Férey, responsável pelo best seller Zulu e um dos mais importantes autores contemporâneos da França, merece ser visto com bastante atenção pelos veículos de comunicação nacionais e certamente é um belíssimo modelo a ser replicado.

 
Muti explora todas as possibilidades oferecidas pela reprodução digital. Som, imagens fixas e em movimento, RSS e conexões com as principais redes sociais. Os quinze episódios interativos, com fotos de Alice Buckley e desenhos de Edmond Baudoin,  mostram a saga de um detetive digital na Cidade do Cabo em plena Copa do Mundo.