31 de ago de 2012

Parece pintura, não?!

Cibachrome. Esse é o nome de uma técnica utilizada para intensificar a definição, a cor e o brilho de uma foto. A imagem é captada em cromo (um positivo) e ampliada diretamente para o papel.



Por ser um processo direto, o Cibachrome é o mais nítido de todos os processos de ampliação e também o mais fiel à realidade. Exibe uma infinidade de degrades e cores que o negativo e o digital não suportam, e consegue dar um volume aos tons de preto.



Trata-se de um processo muito tóxico e complicado, por isso não é feito no Brasil em grande escala. Fotógrafos brasileiros que se utilizam deste processo, costumam fazer as suas ampliações em Paris. 



Um dos mestres no assunto é o holandês Ruud Van Empel. A forma de composição de Van Empel é um processo detalhista e complexo. Por meio de softwares de manipulação de imagens, ele situa seus modelos, especialmente crianças ruivas e negras, em ambientes naturais.




Transborda inocência, não?!



30 de ago de 2012

Um dia no Rio de Janeiro

E ainda tem gente que diz que não gosta dessa maravilha...


Que tal uma noitada de ping pong?

Gente bonita, cerveja gelada, bons petiscos e... ping pong?! Isso mesmo, um dos points mais badalados de Manhattan hoje apostou nessa fórmula inusitada e se deu muito bem.


A boite chama-se SPIN e, toda sexta à noite, promove um show pra lá de excêntrico chamado 'The Dirty Dozen'. Vale a pena conferir o vídeo que mostra um poquinho o que rola por lá:

29 de ago de 2012

E se eles vissem tudo isso?

Os italianos Mirco Pagano e Moreno de Turco decidiram levantar suas vozes contra a pirataria e elegeram a arte para isso. A dupla desenvolveu uma série de imagens  feitas a partir de cds lançados pelos próprios músicos retratados.


Nomes como Jim Morrison, Bob Marley, Jimi Hendrix, James Brown, Freddie Mercury, Michael Jackson e outros, aparecem em poses dramáticas e deixam transparecer um sentimento de agonia. Seria a dor de perder seus direitos autorais?!






(via NotCot)

Será mesmo pura ficção?

Emily Dickinson disse, há mais de cem anos atrás, que 'não há fragata como um livro para nos levar para terras distantes'. E é a mais pura verdade ... Porém, para a educadora Jessica Wise, a literatura vai muito além do que entreter ou expiar as angústias do mundo. As ficções determinam a nossa forma de ver as coisas e moldam nossos pontos de vista e perspectivas muito mais do que se possa imaginar!

 

28 de ago de 2012

Os pequenos prazeres da vida

 

O escritor Robert Brault escreveu: "Aprecie as pequenas coisas, pois um dia você pode olhar para trás e perceber que elas na verdade eram as grandes coisas." E é disso exatamente que esse vídeo trata: ​​as pequenas coisas da vida. Então, tire 1 minuto para observar, contemplar e refletir...



Beatles em Quadrinhos

Editado pelo jornalista e crítico de música Enzo Gentile, Beatles in Comic Strips é uma coleção fantástica de mais de 200 histórias em quadrinhos raros dedicada exclusivamente a John, Paul, George e Ringo. 


O lançamento faz parte das comemorações do cinquentenário do primeiro single da banda, "Love Me Do".




(via Brain Pickings)

27 de ago de 2012

Fat or Fiction

"Nada melhor que comida para falar sobre comida." Esse é o pressuposto do projeto Fat or Fiction, criado pelo coletivo londrino A+C+D.


A ideia, segundo a designer Christina Winkless, era de que as informações nutricionais dos alimentos parecessem tão agradáveis quanto o sabor deles, para criar um site atraente, que permitisse ao usuário explorar dados e fazer suas próprias escolhas alimentares.



Dá para consultar calorias de bolos e tortas, drinks, chocolates, bombons, queijos e crispies através de visualizações comuns, como gráficos de barra, área e pizza.




(via Los Pantones)

24 de ago de 2012

Pedala mundo, pedala!

Steve McCurry é o autor da imagem eleita como a mais reconhecida de todas as edições da história da National Geographic: o retrato de Sharbat Gula, a menina afegã de assombrados olhos verdes que virou símbolo máximo do sofrimento das populações civis que precisam fugir das zonas de guerra. Foi ele também que, na manhã de 11 de setembro de 2001, subiu à cobertura do prédio onde tinha seu escritório para fotografar o que achava ser um incêndio e flagrou a hecatombe do World Trade Center. Isso para ficar apenas na superfície...

Recém-convidado para fazer as fotos da edição 2013 do despojado calendário da Pirelli, ele acaba de publicar em seu blog - referência obrigatória para quem é da área - um fantástico ensaio sobre bikes. A série intitulada “The world's ride” conta com fotos belíssimas registradas em lugares como Índia, Afeganistão, Cambodja, Bangladesh, China, Japão, Marrocos, França, e por aí vai. Um show de imagens!














21 de ago de 2012

O que as crianças enxergam

Quando a professora de Dani, filho da artesã canadense Wendy Tsao, pediu para que ela enviasse um brinquedo com ele para amenizar a saudade de casa, Tsao teve a incrível ideia de criar um boneco de pano baseado em um de seus desenhos.



Era um autorretrato, que o menino repetia sempre. Wendy pegou o desenho e improvisou. Ele reconheceu na hora a sua criação, em três dimensões e palpável. E, imediatamente, adorou brincar com a representação de si mesmo.



O sucesso entre os alunos e as mães na escola foi tão grande, que Tsao resolveu criar um site, onde recebe desenhos de crianças - na faixa de 5 a 10 anos -, os transforma em toy art e envia para seus respectivos donos.




Tudo é reproduzido o mais fielmente possível: as cores, as formas, as expressões de animais, bonecos, monstros, sereias...


No site de Wendy é possível ver o nome e a idade das crianças de cada uma das 350 invenções que ganharam forma nos últimos cinco anos. Os valores das peças variam entre R$ 164 e R$ 273 (convertidos de dólares canadenses) e a lista de espera não para de crescer!


Referência: Serafina