28 de fev de 2013

Seria o folhetim a solução para não ter que ficar comprando livro que você corre o risco de parar de ler na metade?


Depois de fazer fama com romances tradicionais, entre eles o premiado Abril Vermelho, o escritor peruano radicado na Espanha Santiago Roncagliolo acaba de restaurar um formato de literatura bastante comum no século XIX e que pode, paradoxalmente, ser um sopro de inovação nessa era em que ninguém tem tempo para nada: o folhetim. 


Sua nova obra, Oscar y las mujeres, é um ficção dividida em nove fascículos, que estão sendo vendidos a 0,99 euro cada e que, finda a edição seriada digital, ganhará um volume em papel. A história é protagonizada por um autor de telenovelas que, depois de ser deixado pela mulher, vê-se em frente a um bloqueio criativo.

“A vantagem para o leitor é que ele paga de acordo com o que lê. Se a história não o prende mais, poderá saber uns 20 euros antes que se tivesse gastado com a edição em papel. Cabe aos escritores, do outro lado, trabalhar para seduzir o leitor a cada página, o que, no fim, não será ruim para a qualidade do texto”.

Como eu sou um daqueles que deixa muito livro pela metade, achei a ideia bastante interessante. E você?

Referência: Galileu

26 de fev de 2013

The Paper Cinema - Animação ao vivo com direito até a trilha sonora

Fundada em 2004, a companhia britânica Paper Cinema promove uma experiência multimídia única que vem fascinando plateias em toda a Europa. A  trupe é composta por um grupo de titereiros, designers e músicos que, em total sincronia, desenvolvem um espetáculo que tecnicamente não é teatro - é animação ao vivo.



Uma câmera de vídeo posicionada diante do palco projeta ilustrações meticulosas – boa parte delas feitas na hora mesmo - manipuladas pelos titereiros contra a luz a fim de proporcionar na tela de exibição a sensação de movimento.


Como você poderá ver no vídeo abaixo, que registra uma versão de A odisséia de Homero, é impressionante o que esses pequenos desenhos em recortes de papel, acompanhados por uma trilha sonora original ao vivo, podem propiciar em termos de espetáculo. Incrível!

25 de fev de 2013

O meu tipo de videoclipe

Faz um bom tempo que um videoclipe não me agradava tanto como esse 'O seu tipo' da Filarmônica de Pasárgada.


Além da letra inteligente e da deliciosa melodia, o vídeo me deu aquela sensação rara de aconchego. A ambientação, o figurino, as interpretações, tudo é singelo e, talvez por isso mesmo, incrivelmente prazeiroso!

A banda formada em 2008 por alunos do curso de música da USP, depois de abocanhar vários prêmios em festivais, acaba de lançar seu primeiro disco, O hábito da força. Recomendo!

Sai de cena o Caveirão e chega o Cinemão

Em vez de violência, cultura. Em vez de tiro, pipoca. O Veículo de Ocupação Tática da Cultura, vulgo Cinemão, é um carro com projetor, telão, sistema de som, cadeiras (e pipoqueira!) que, a partir deste final de semana, começou a circular nas comunidades pacificadas do Rio de Janeiro.


“Um outro modelo de ocupação territorial desses espaços públicos é possível. Acredito cegamente no poder transformador da cultura, arma mais poderosa que o fuzil.”, afirma Cid César Augusto, idealizador do Cinemão, que prevê a exibição gratuita de 288 filmes somente em 2013, sempre seguida de debate com os realizadores.

(via Samuel)

22 de fev de 2013

Rostos Imaginários

Apofenia é o termo que designa a capacidade ou vontade de ver características humanas em objetos inanimados. É esse o mote do trabalho do talentosíssimo fotógrafo sueco Philip Karlberg que por meio do simples arranjo de peças do cotidiano cria um curioso conjunto de rostos imaginários.






21 de fev de 2013

O poema que virou animação para se transformar em um manifesto contra o bullying

To This Day é um projeto baseado em um poema escrito por Shane Koyczan que explora o impacto profundo e duradouro que o bullying pode ter sobre um indivíduo.


A fantástica animação a seguir foi feita de maneira colaborativa por motion designers de várias partes do  mundo reunidos pelo estúdio Giant Ant 

Mosca branca!!!

(via Mashable)

20 de fev de 2013

The Beers - Música Engarrafada

Muito bacana a ideia do pessoal do Clube do Malte de Curitiba com o projeto The Beers. Eles selecionaram quatro estilos musicais - partido alto, blues, underground e sierra maestra - para inspirar a criação de quatro cervejas - cada uma com características bem distintas.


Cada rótulo traz um QRcode que remete a uma página no Facebook onde é possível ouvir um som enquanto se toma uma!


O Clube do Malte entrega em qualquer lugar do país.

18 de fev de 2013

Banana Art

Curioso trabalho da designer filipina Honey, fundadora do referencial blog Sweet Station, que 'tatuou'  cascas de bananas com caricaturas de gente famosa usando apenas um alfinete. Ficou muito bom!











Não pode ir ao campo fazer um piquenique? E se ele fosse até você?

Que tal esta Urban picNYCtable, criada pelo estúdio Haiko Cornelissen?!



15 de fev de 2013

“Inspiração para o seu cantinho longe de tudo em algum lugar”

O título desse post é a tradução literal da premissa do blog Cabin Porn. As fotos paradisíacas são enviadas pelos leitores e deixam a gente com aquela vontade de largar tudo e ir para o meio do nada!

O blog criado em 2009 tornou-se um hit entre a auto-declarada geração hipster. Curioso, não?! Por que será que um blog com imagens de cabanas e casebres em florestas e lugares ermos atrai tanto a galera hiper conectada???


















13 de fev de 2013

SpY, um artista que quer acabar com a sua inércia visual

"Eu quero que minhas peças rompam, pelo menos momentaneamente, a inércia que acomete o morador urbano... Elas são pitadas de significado, estrategicamente escondidas para quem quer se surpreender."





Melhor descrição não poderia existir para as intervenções urbanas do espanhol SpY. Seus projetos surgem da observação de componentes urbanos ignorados pela maioria das pessoas para os quais ele incorpora inusitados 'ajustes' a fim de resgatar essa percepção perdida.