30 de abr de 2013

Nossos representantes na Stroke Art Fair

Começa nessa quarta-feira, dia 1 de maio, em Munique, na Alemanha, mais uma edição da Stroke Art Fair, uma das mais importantes feiras de arte urbana do mundo.



O evento reúne artistas do mundo inteiro e tem a participação da galeria de arte paulistana A7MA, que leva os artistas Jerry Batista e Marina Zumi. Eles serão filmados enquanto fazem seus trabalhos durante a feira e poderão ser acompanhados em tempo real por meio do blog da galeria.

Conheça abaixo um pouco dos trabalhos dos nossos dois representantes lá, começando pelo Jerry com suas personas e depois com a argentina radicada no Brasil, que tem uma pegada mais voltada para a natureza e o cosmos:








16 de abr de 2013

Que tipo de casa imagina para si um homem que viveu em uma cela de 6x9 por mais de 40 anos?


O cara da foto aí em cima se chama Herman Wallace e ele é muito provavelmente o prisioneiro mais antigo em confinamento solitário nos Estados Unidos hoje. Ele já passou mais de 40 anos em uma cela de 6x9 em Louisiana, num presídio que se chama Angola. Preso em 1967 por um roubo em que ele admite culpa, ele acabou sendo condenado a prisão perpétua, ao lado de Robert King e Albert Woodfox, pelo assassinato de um guarda em um julgamento bastante controverso no episódio conhecido como Angola 3. Ele nega veementemente ter cometido o crime até hoje. Mesmo preso, Wallace foi um dos principais responsáveis pelo surgimento do movimento dos Panteras Negras na década de 70.



Comovida pelo drama de Herman, a então estudante de arte Jackie Sumell entrou em contato com ele por meio de uma carta com uma questão bastante provocativa: "Que tipo de casa imagina para si um homem que viveu em uma cela de 6x9 por mais de quatro décadas?" 

Uma série de cartas e alguns telefonemas foram trocados por anos para dar os subsídios necessários para que Jackie, ao lado do editor Ricardo Acosta e do animador Nicolas Brault, criassem o doc Herman's House, sem nunca terem encontrado pessoalmente o prisioneiro.


 "Alguém uma vez me disse que a chave para um bom documentário é o acesso. No entanto, de alguma maneira, eu me vi fazendo um filme em que eu não tinha acesso ao meu tema principal, Herman Wallace, ou minha locação principal, sua cela na prisão. No início desse esforço não convencional, percebi que toda a ideia de "acesso" foi crucial para dar verossimilhança à história de um homem que passou mais de quatro décadas em confinamento solitário. Sem acesso a Herman, eu optei por criar uma experiência de visualização que promove uma verdadeira imersão do público no que seria a vida  em uma solitária e, paralelamente, vislumbrar as perspectivas de uma pessoa nesse estado a respeito do que seria sua vida aqui do lado de fora depois de tantos anos".

O tragico enredo virou objetivo de vida para Jackie que se mobilizou  para transformar em realidade a 'casa dos sonhos' de Herman, enquanto ele aguarda o julgamento da sua última apelação à Corte de Louisiana.

A estréia do filme está prevista para 19 de abril em Nova York. Abaixo o trailer, cuja declaração de Herman Wallace no trecho final corta como uma navalha na carne: "Não importa se um dia eu vá morar nessa casa. O que importa é o que essa casa representa" 

A melhor campanha digital de doação de sangue que eu já vi

Sensacional o filme que a Heads criou para estimular as pessoas a doarem sangue para a Hemorio (Instituto de Hematologia do Rio de Janeiro).


A animação usa a timeline do YouTube como parte da ideia, fazendo uma relação entre o tempo de espera e a importância do sangue chegar a quem precisa.



(via Comunicadores)

15 de abr de 2013

Easy Star All Stars

Easy Star All Stars é uma banda de Nova York, ou melhor, um coletivo, já que diversos músicos passaram e passam pela formação do grupo, especializada em regravar músicas famosas de artistas consagrados em uma versão dub/reggae.


Dub Side of The Moon, Radiodread, Easy Star’s Lonely Heart Dub Band são alguns dos projetos mais comnhecidos e que alcançaram os primeiros lugares da parada da Billboard. A ideia é sempre manter-se fiel às letras, mudando apenas o arranjo.

O grupo esteve em Brasília e Recife no final do ano passado para promover o álbum Thrillah, que traz uma leitura reggae do clássico disco de Michael Jackson, Thriller.

Fica a dica!

7 de abr de 2013

12 cervejas criadas ou inspiradas por bandas de rock

Cresce a lista de 'cervejas roqueiras' ou, se preferir, 'bandas cervejeiras'. Confira abaixo uma seleção de rótulos nacionais e estrangeiros, começando pela Destroyer do Kiss, que você pode adquirir aqui

Seguindo na linha rock pauleira com a Bastards do Motorhead (à venda aqui)


Hora e vez do AC/DC que ganhou uma premium lager alemã em homenagem aos seus 40 anos de carreira (à venda aqui)


O Iron Maiden já tem dois rótulos: a americana Maiden the Shade e a inglesa Trooper




O Rolling Stones ganhou uma linha de cervejas em sua homenagem no Japão


A cervejaria americana Left Hand lançou uma série em homenagem ao Metallica chamada Fade to Black



A banda inglesa Elbow, por sua vez, lançou recentemente a cerveja Build a Rocket, Boys!


Por aqui, o Sepultura puxa a fila com a Sepultura Weissbier, lançada pela Bamberg



O folclórico Velhas Virgens já tem uma IPA e uma witbier para você beber em alto volume, como eles mesmos propõem no site



Nenhum de Nós e Raimundos fecham essa seleção (à venda aqui e aqui)



Por uma São Paulo menos cinzenta

Sensacional a proposta do projeto Color+City, site que une donos de imóveis dispostos a emprestar as paredes de suas casas para grafiteiros expressarem sua arte.


A dinâmica é bem simples:

- Tem um muro e quer oferecer para alguém pintar? Doe um espaço!
- É artista e quer um espaço para pintar na rua? Se escale aqui.

Assista ao vídeo abaixo para entender melhor a proposta, que conta com o apoio do Google Brasil:

3 de abr de 2013

O estiloso senhor Ali e a jovem fotógrafa

Enquanto arrumava as mesas da calçada de um restaurante em Berlim onde fazia um bico, a fotógrafa australiana Zoe Spawton observava a passagem dos pedestres, até que um senhor de 83 anos começou a chamar sua atenção. Todo santo dia ele passava por ela com um visual caprichadíssimo!



Depois de puxar um papo e ficar mais íntima do senhorzinho, Zoe começou a registrar diariamente seu estilo como se de fato estivesse incumbida ali de fazer um ensaio de moda. Ali, um médico turco aposentado com nada menos do que 18 filhos, gostou de ser retratado e passou a arriscar figurinos mais ousados e poses diferentes.


Dias mais formais, de terno e gravata, e outros mais despojados, alguns com jaquetas esportivas, peças camufladas e até casacos de neve.

Zoe criou um site para o projeto que tem somente uma simples explicação: ”Este é Ali. Ele passa por mim todas as manhãs usando roupas bacanas”. Nas legendas de cada imagem, ela faz comentários sobre as combinações de roupas.








Para ver mais retratos do estiloso Ali, visite o tumblr do projeto What Ali Wore.

(via Der Spiegel)

Ensaio mostra com fotomontagens o que se passava na cabeça das mulheres

Interpretar, por meio de fotomontagens, os sonhos relatados por mulheres em busca de explicações para suas angústias. Essa foi a missão dada pela revista feminina argentina Idilio para a fotógrafa alemã Grete Stern.

As leitoras enviavam à revista seus sonhos, que, por sua vez, eram analisados por dois psicanalistas (Enrique Butelman e Gino Germani, ambos sob o pseudônimo de Richard Rest) e eram então visualmente representados pelas fotomontagens de Grete.

O trabalho realizado entre 1948 e 1952 foi uma das gratas surpresas que tive ao vistar o MALBA, em Buenos Aires, neste último final de semana. 

Alguma publicação atual bem que podia retomar essa ideia, não???