30 de dez de 2009

Uma refeição à la Jetsons

Um novo conceito de restaurante criado em Nuremberg, na Alemanha, permite com que os fregueses se sintam literalmente dentro de um episódio dos Jetsons, série de animação da Hanna-Barbera exibida na década de 60 que introduziu no imaginário das pessoas da época o que seria ou poderia ser o futuro da Humanidade.

O `s Baggers criou um sistema já batizado de net-service, em que todo o atendimento ao cliente, da escolha dos pratos ao pagamento da conta, é automatizado.

Ao se sentar, em vez de ser recebido por um garçom, o cliente se depara com uma tela touch screen com acesso à Internet, na qual digita o número de pessoas que estão na mesa. Na sequência é atribuída uma cor a cada pessoa para a correta identificação do pedido dos pratos e das bebidas. Além do cardápio, estão disponíveis informações que vão desde a proveniência dos ingredientes até a quantidade de calorias das iguarias. Enquanto a comida não vem, o cliente pode se entreter navegando pela Rede e, como não poderia deixar de ser, na hora da dolorosa, basta digitar os dados do seu cartão.

O grande barato da coisa é justamente a chegada do pedido. Existe um sistema de trilhos de aço em espiral ligado à cozinha que traz a refeição até ao centro da mesa, fazendo assim com que todos os pratos caiam literalmente do céu. Para evitar acidentes durante o transporte, panelas e garrafas são afixadas em anéis presos em dois tubos metálicos paralelos. Depois de a comida aterrissar, os clientes podem se servir em pratos de cerâmica encontrados sobre a mesa ou optar mesmo por comer direto da panela.

O conceito inspira-se nos pratos de sushi japoneses, servidos através de tapetes rolantes, mas desenvolve-o e melhora-o. As vantagens são visíveis: há um ganho considerável de tempo, menos custos para o proprietário do restaurante e menos enganos no atendimento aos clientes - o computador não erra. Apenas a limpeza das mesas não é ainda automática.

Entenda melhor o funcionamento da casa no vídeo abaixo:



(Referência: Obvious)

Publicis London canta e dança

“I gotta a feeling”

Produtividade até debaixo d'água

AquaNotes ® é um bloco de notas completamente impermeável que permite que você anote todas as suas grandes idéias, enquanto está no chuveiro, na piscina, pescando ou em qualquer outro lugar. Por apenas US$ 9,48 aqui
Osmar, a primeira fatia do pão de fôrma

Sobre uma mesa gigante de café da manhã em que caixas de cereais são prédios, colheres são postes e o pavimento das ruas é quadriculado como uma toalha, Osmar - a fatia inaugural de uma embalagem de pão de fôrma - entra em crise e busca o auxílio de um psicólogo. Seu problema: ter um dos lados inteiramente cascudo, sem vestígios do miolo macio que seus colegas de pacote ostentam de frente e de costas. O "defeito" faz com que ninguém queira comê-lo e lhe aguça o desejo de se tornar popular.

Esse é o mote do curta 'Osmar, a primeira fatia do pão de fôrma', animação dirigida pelo paulistano Alexandre Machado que faturou a MIP Junior, principal feira de programas infanto -juvenis para a TV, que acontece anualmente em Cannes, na França. Graças justamente a essa boa recepção internacional, Alexandre acaba de assinar um contrato com uma produtora dos EUA que pretende conceber um programa de 26 episódios baseado em Osmar. Confira abaixo o trailer:

29 de dez de 2009

Futebol sem Fronteiras

Durante cinco anos, o fotógrafo brasileiro Caio Vilela viajou pelos quatro cantos do planeta e registrou descompromissadas partidas em diferentes culturas. O resultado é um álbum de viagem fascinante, recheado de imagens inusitadas.
Há cambojanos batendo bola ao lado de 'elefantes-táxis', meninos do Tibete jogando uma pelada literalmente sem roupa, um grupo de pescadores brincando nas areias do Fiji, crianças budistas disputando a redonda em Mianmar, e até vietnamitas exibindo com orgulho a camisa da seleção brasileira.

O livro, que acaba de ser lançado pela Panda Books e que tem a orelha escrita por ninguém menos do que Juca Kfouri, é um documento obrigatório para os amantes da bola. Conheça um pouco mais da obra no videocast abaixo gravado especialmente pelo autor para a Folha:

28 de dez de 2009

Vai dizer que você não gostaria de estar nessa mesa?

No primeiro episódio de sua nova série Awards Season Roundtables, o The Hollywood Reporter reuniu seis grandes mentes do cinema atual em uma mesma mesa. Kathryn Bigelow (“Guerra ao Terror”), Quentin Tarantino (“Bastardos Inglórios”), Peter Jackson (“Senfor dos Anéis”), James Cameron (“Avatar”), Jason Reitman ("Juno”) e Lee Daniels (“Precious”), conversam sobre suas carreiras e, claro, filmes.

Confira abaixo o resultado da conversa (em três partes). Novos encontros com roteiristas, atores, diretores de fotografia e produtores estão na pauta.







Sem Palavras

Nesse fim de ano, a Sky1 deu uma missão para grandes roteiristas, atores e diretores: criar uma história única, silenciosa, sem palavras, sobre a vida, perdas e amor. O resultado é a série “The 10 Minute Tales”

Abaixo você pode assistir o primeiro episódio na íntegra: “Deep & Crisp & Even”, escrito por Peter Souter e dirigido por Brett Foraker. A série termina no dia 31 de dezembro e, a julgar por essa primeira amostra, promete!



(Dica do B#9)
Degustação em Domicílio

A Brixr, uma empresa sediada em São Francisco, Califórnia, parece ter inventado algo que facilitará a vida daqueles que estão dando os primeiros passos na arte da desgustação de vinhos, e não dispõem de tempo e/ou dinheiro para fazer roteiros pelas vinícolas à la Sideways. É o trial-sized tube pack, que nada mais é do que uma caixa ou kit com 3 ou 4 tubos de vidro de 50ml, contendo amostras de vinhos californianos.


Você compra o kit por U$69, experimenta e se gostar, tem direito a pedir duas garrafas para entrega, sem custos de frete. No kit de 4 tubos, um pouco mais caro, você ganha uma garrafa totalmente grátis (na melhor acepção do termo desvendada por Chris Anderson em seu último livro). Ideia facilmente replicável e, à primeira vista, inevitávelmente bem sucedida.

Box Animation

Para criar essa animação 3D, o artista canadense Jordan Clarke usou uma técnica de composição que permite que objetos virtuais 'dancem' de acordo o som produzido pela sua bateria. Muito legal! Confira no vídeo abaixo:

'Esqueceram de Mim' ganha versão twittada

Um estúdio de design de Londres fez um projeto que recriou pelo Twitter a história do clássico filme de comédia Esqueceram de Mim (1990), exatamente durante os dias que antecedem o Natal, em que o filme se passa, entre os dias 22 a 25 de dezembro.

Chamado de Projeto "Home Alone" (título do filme em inglês), o estúdio criou 22 perfis no Twitter que representavam os personagens da comédia, e reuniu todos eles em uma mesma lista do Twitter, a HATProject. Dessa forma, cada tweet de cada personagem repetia cronologicamente as passagens do filme, com os diálogos entre os personagem, e até mesmo algumas músicas da trilha sonora. Tudo publicado em sequência no Twitter.

De acordo com os criadores do projeto, a experiência era um teste, para saber como seria reproduzir narrativa de um filme em tempo real em uma rede social e como as pessoas reagiriam a ela. Deu certo. Em seu site, o estúdio diz que irá repetir a experiência com a sequência do filme, Esqueceram de Mim 2. O vídeo abaixo, publicado pelo estúdio, mostra como funcionou o projeto.



(via Link Estadão)

26 de dez de 2009

A Nova Versão do Relógio de Cuco



O projeto foi desenvolvido por Durell Bishop. Alem do case, está disponível também um aplicativo para iphone.
Graffiti Ren

Imagine se na época em que foram pintados os grandes quadros da pintura ocidental, no século XVI, XVII e XVIII, já existisse o grafite. E que, em vez de muros claros, colunas brancas e toda uma paisagem bucólica, os cenários fossem pautados por assinaturas e desenhos em tintas de lata.

Esse o desafio lançado pela Worth 1000 (já mencionado neste blog aqui), cujos resultados você pode visualizar abaixo:



(via Obvious)

A imparcialidade no jornalismo ainda é um trunfo, pelo menos para alguns

A SKY TV acredita que a imparcialidade de seus canais de notícias pode ser um poderoso trunfo para aumentar sua audiência. Prova disso é o vídeo de sua nova campanha, que mostra palestinos e soldados israelenses dando seus depoimentos e as suas versões para um conflito na região denominada West Bank. Independente do sucesso ou não da iniciativa, a campanha é digna de aplausos!


O Spam Fake

23 de dez de 2009

Paraíso dos Curtas

O site Shorts Bay apresenta um fantástico acervo de curtas metragens produzidos no mundo todo que podem ser assistidos gratuitamente.

Com o slogan 'Life in short films', o site permite fazer buscas de filmes por duração (3,5 ou 10 minutos), país de origem, premiações ou indicações em festivais, ou ainda temática e estilo. Possui também uma loja online que oferece compilações dos curtas mais vistos por ano.

Regret, de Robin Glass, foi rodado no Brasil este ano e é, infelizmente, o único vestígio do país no site - bem simplório, por sinal. Se você quiser indicar um curta e preencher essa lacuna, é só encaminhar por aqui

Confira, abaixo, cinco preciosidades que encontrei vasculhando o acervo do Shorts Bay:









Shadow Lives USA

Durante décadas, milhões de mexicanos deixam o seu país, sua família e partem em dura jornada para entrar nos Estados Unidos. Apesar dos obstáculos, eles continuam na luta pelo direito a cidadania americana.
O fotógrafo Jon Lowenstein vem documentando desde 2000 muitos casos de imigrantes latino-americanos, a marginalização dos operários, sua cultura e o estilo de vida dos que vivem no noroeste de Chicago. Através do projeto Shadow Lives USA (Sombras de Vidas Americanas), Lowenstein associou-se a várias organizações como a Fundação Alicia Patterson, a Getty Grant para editoriais fotográficos e a Blue Earth Alianza, com o propósito de reunir documentos históricos sobre a imigração.
Jeito Geek de Dançar

A única coisa mais geek do que dançar uma música lenta separado a um braço de distância do parceiro é o Pong Prom. Os casacos da Covert Ahletics têm LEDs móveis que mostram um jogo de Pong no peito. E o controle é o quadril do seu par.

22 de dez de 2009

Do Arco da Velha

Já está disponível para download gratuito na web o CD 'Os maiores jingles de todos os tempos'. Esse álbum traz 127 jingles de comerciais de rádios e TVs em formato mp3 que fizeram história.

Embora tenham caído um pouco em desuso com toda a parafernália tecnológica adotada na maioria das campanhas publicitárias atuais, os jingles - mensagens publicitárias musicadas e elaboradas com um refrão simples e de curta duração - continuam sendo uma excelente alternativa para conquistar a atenção do público para uma determinada marca.

Confira abaixo algumas pérolas que marcaram época e estão presentes no CD. Para baixá-lo, clique aqui.










21 de dez de 2009

Como você vai consumir... amanhã

Abecedário das Marcas

O designer Jason Dean se inspirou nas marcas famosas para criar um alfabeto diferenciado. De A a Z, ele traz letras que fazem parte do nome ou das marcas de empresas e produtos conhecidos.

A criação está sendo vendida no site The Best Part. Há duas versões do pôster: uma em papel branco com letras douradas e outra em papel preto com letras prateadas. Ambas custam US$ 50.

We have decided not to die

Um curta metragem incomum. Três figuras em rituais distintos, em transformação: Birth, Between e Rebirth.

Embora não seja uma história, em qualquer sentido convencional, We Have Decided Not To Die é uma poesia visual evocando um mundo ritualístico e surreal, cujos personagens parecem flutuar livres de espaço e tempo.

O diretor é o consagrado Daniel Askill, que já fez vídeos para bandas como UNKLE, Placebo e Digitalism, filmes publicitários para a Microsoft, MTV, Panasonic, Warner, Air France, Hummer Chairs e Cadillac, e que também é a estrela do segundo ritual.

Sirleidy, Roberto, Raimundo
e as 11 famílias

19 de dez de 2009

Do You Tube para Hollywood



Se você ainda não viu o curta uruguaio “Ataque de Pánico!”, não perca a oportunidade (logo acima). Esse curta já rola há algumas semanas na Internet e finalmente chamou a atenção de um tubarão de Hollywood. Ninguém menos que Sam Raimi, bastante prestigiado entre os gregos, pela rentável franquia blockbuster “Spiderman”, e troianos, graças a série de filmes B “A morte do Demônio”.

Segundo informações do site Mashable, a produção que custou $300 ao publicitário uruguaio Fede Alvarez, 30 anos, será adaptada agora para as telonas com um orçamento de $30 milhões.

O pequeno filme mostra uma invasão alienígena, com robôs gigantes e espaçonaves indo em direção a Montevidéu, capital do Uruguai.

Árvore de Natal Interativa

Os funcionários da agência de marketing digital, Lost Boys International (LBi), levaram até a empresa vários celulares (reciclados) e montaram, com os aparelhos, uma 'árvore de natal interativa'.

Cada telefone toca um tom específico, e é você que controla sua própria ‘orquestra’ pelo site. A única coisa que precisa fazer é utilizar o teclado para criar seu próprio jingle natalino. Assista o vídeo abaixo e entenda todo o processo do experimento.



(via ADivertido)

Catálogo Animado

A DDB de Berlim criou para a IKEA uma intervenção em cinema nunca feita antes. Eles usaram um projetor portátil de slides para exibir nomes e preços em alguns objetos que apareciam na tela e que provavelmente seriam encontrado nas lojas da fabricantes de móveis sueca, transformando assim a tela em um enorme catálogo animado da marca. No final da sessão, um rapaz entregava o catálogo impresso da IKEA finalizando a excelente ação.

(via Comunicadores)

Parece um jogo, mas é um telejornal

A Next Media, maior grupo de mídia de Hong Kong, voltou a ganhar destaque em blogs de mídia e tecnologia. Desta vez, por causa de mais uma de suas novidades ou, se preferir, excentricidades.

Durante a cobertura da da polêmica em torno do jogador Tiger Woods, para explicar o caso em seu noticiário online, o grupo de mídia utilizou animações semelhantes às desenvolvidas para jogos de PS2 e Xbox. O Wall Street Journal já rotulou como 'animated news'.

Segundo o jornal, a Next Media ficou dois anos estudando como inserir as animações em seu ‘telejornal para internet’, que são feitas em equipe, junto a desenvolvedores, jornalistas e designers. As animações lembram muito aquelas cenas intermediárias em jogos como Silent Hill e Resident Evil. Segue abaixo o vídeo. No futuro, a intenção é produzi-las para emissoras nos EUA.



(via Tiago Dória)
Techno Jeep

De tirar o fôlego

Essa é pra quem gosta de ação. O video designer Vadzim Khudabets montou um trailer com 50 filmes de ação lançados entre 2008 e 2009 com as melhores e mais emocionantes cenas de cada um, fazendo uma sequência lógica que dura cerca de 4 minutos como se fosse um tralier. A lista de todos os filmes usados, pode ser conferida na descrição do vídeo no YT.

Ao que tudo indica novas compilações serão lançadas no próximo ano.

Flux Chair



Desenvolvida toda em papel e com um design fantástico, a Flux Chair já ganhou prêmios como o Philips Innovation Awards e New Venture por sua criatividade.

Isso porque não é toda cadeira de papel que aguenta uma pessoa pulando em cima dela (aliás, nem algumas normais aguentam isso). Sem contar que não demora um minuto para ser montada e quando desmontada fica no formato de uma grande sacola plana.

Previsão de lançamento no primeiro trimestre de 2010.

(via Com Limão)

18 de dez de 2009

A 'verdadeira' origem do jingle da Intel



(via Pitaco)
The Blu Dot Real Good Experiment

A marca Blu Dot nasceu em 1997, quando três amigos, John Chistakos, Charles Lazor e Maurice Blanks, colegas da faculdade e amantes de arquitetura e design, começaram a decorar as suas casas e perceberam que tudo aquilo que gostavam estava a um preço proibitivo. Sua estratégia de negócio, portanto, foi colocar no mercado peças de design funcionais e acessíveis ao bolso de uma maioria e capazes de fazer a diferença na decoração de interiores.

Passados doze anos e pensando justamente em gerar uma reflexão sobre o atual uso e percepção de suas peças, a marca desenvolveu um experimento chamado The Blu Dot Real Good Experiment. Eles espalharam várias de suas cadeiras pela cidade de Nova York como se estivessem “perdidas” e passíveis de serem levadas. Cada cadeira tinha um GPS acoplado que permitia que fosse rastreada. O resultado da investigação você pode ver no fantástico vídeo abaixo:

17 de dez de 2009

Fazendo um som com Iggy Pop
sem sair de casa

A Orcon da Nova Zelândia, empresa prestadora de serviços de banda larga e VoIP, descobriu uma maneira diferenciada de se promover. Eles chamaram o avô do punk Iggy Pop, que recebeu uma proposta interessante: fazer uma jam session ao vivo com mais 8 músicos amadores, que estariam conectados em diferentes lugares da Nova Zelândia.

O cantor logo botou sua calça jeans velha e apertada, tirou a camisa e foi para seu estúdio em Miami para gravar a tal versão. Foram escolhidos 8 músicos entre mais de 200 que se inscreveram no Facebook para tocar o clássico “The Passenger”. O resultado é bem interessante como você pode ver no vídeo abaixo.



(via Y2)
Compilação reúne os 'melhores' gritos da história do rock

Um disco de vinil com os 74 melhores gritos da história da música foi editado em Nova York, apresentando uma seleção que inclui pedaços de músicas de artistas como Slayer, Bjork, The Who, Iggy Pop, The Stooges e De La Soul, entre muitos outros.

Com 500 cópias prensadas, o disco "Favorite Recorded Scream" , que dura apenas 3 minutos e 32 segundos, está sendo vendido por US$ 15 nas lojas especializadas de Manhattan e pela Internet. A obra é uma iniciativa do artista Leroy Stevens, de 25 anos.

O lado A do vinil apresenta todos os gritos encadeados, enquanto no B eles aparecem separados por dez segundos de silêncio. "Este é o momento no qual as palavras não importam. É um desafogo emocional", contou Stevens em uma entrevista recente para o New York Times.

Stevens, que trabalha em uma padaria e no Museu Guggenheim de Manhattan, não conseguiu, segundo o "Times", os direitos autorais necessários para editar o disco, algo que não o preocupa muito até porque "até sete segundos das criações musicais" podem ser utilizados sem restrições.

Enfim, boa dica de presente para o Natal, hem?

Tom & Jerry (versão 2.0)

(via UOD)

16 de dez de 2009

O passado, o presente e o futuro

da Internet

Os melhores momentos do
Improv Everywhere em 2009

Diversão! Essa é a palavra de ordem do Improv Everywhere, um grupo de pessoas malucas baseado em Nova York. Malucas no bom sentido, claro. Eles criam cenas absurdas em lugares públicos por pura diversão e pelo prazer de ver a cara de espanto das pessoas. O grupo existe desde 2001 e já realizou mais de 100 “missões” envolvendo milhares de “agentes disfarçados”, que, como eles mesmo dizem, são “grandes entusiastas da diversão organizada”.

Não se trata de improvisação, é claro, já que as performances são planejadas com antecedência. Muitos dos membros principais se juntaram ao grupo quando eram alunos do Teatro Upright Citizens Brigade, uma escola que ensina técnicas de improvisação longa e que se orgulha de muitos diplomados que tiveram passagens pelo programa Saturday Night Live.

Charlie Todd encontrou a idéia do Improv Everywhere depois de uma noitada com os amigos em 2001. Naquela noite, os amigos notaram que ele tinha uma leve semelhança com o músico Ben Folds e o Sr. Todd resolveu testar a observação fingindo ser o tal músico. O resultado foi sua primeira missão bem sucedida. Ele bebeu de graça a noite inteira, recebeu alguns convites de aparentes fãs de Ben Folds e foi escoltado até o salão VIP por seguranças que acabaram por expulsar os amigos de Todd quando ficou claro que eles tinham roubado a carteira de Ben Folds.

Confira abaixo os melhores momentos do grupo este ano.






















Para quem já se cansou de assistir os alimentos rodarem no microondas...



O CastOven da 100kw-sgss busca automaticamente um vídeo aleatório com a duração exatamente igual ao tempo de cozimento do alimento.
Deu a louca no Abecedário

Em BodyType você pode escrever palavras que serão representadas por fontes feitas com pessoas - sempre calçando um All Star vermelho - em diferentes posições sexuais. Uma produção do estúdio russo Redkeds.
A carioca Luiza Prado recriou todo as letras do alfabeto a partir de pratos de alimentos. Para ver a página com mais invencionices da garota no Flickr, clique aqui.

De outubro de 2008 a abril de 2009. Este foi o tempo que o designer Rhett Dashwood levou para produzir o alfabeto baseado nas fotos de satélite do Google Earth.

Ação de guerrilha contra bitucas de cigarro em São Paulo

O video acima é uma parceria dos Recicleiros com a Blues Filmes. Nesse episódio (os demais do Lixograma estão no YouTube), eles gravaram a ação contra as bitucas em São Paulo. Eles foram em bares e restaurantes da Vila Madalena vestidos de lixeiros para recolher os restos de filtro de cigarros. Cartazes e megafones alertavam: bituca também é lixo. Os Recicleiros, uma empresa de gestão ambiental, pegou o gancho do incômodo dos restos de cigarro acumulados nas ruas e desenvolveu um produto – o bota bitucas – feito a partir de garrafas pet, cuja vedação impede que o odor saia e pode ser carregado em bolsas ou bolsos. Eles também escrevem um blog sobre sustentabilidade, o Lixograma.

(via CIP)

15 de dez de 2009

18:30

18:30 é o novo livro do paranaense Samir Mesquita, autor do genial Dois Palitos, sucesso de vendas no ano passado. Trata-se de um livro-mapa que gira em torno de algo mais do que comum nos dias de hoje: o caos no trânsito nas grandes cidades.

Isto se traduz em um mapa com 40 microcontos impressos sobre carrinhos em miniatura que obviamente, estão em um congestionamento. Fechado, o livreto mede 12 x 10 cm, mas totalmente aberto chega a medir quase um metro de largura.

As histórias, com até cinquenta caracteres, foram publicadas originalmente no endereço do autor no Twitter, sempre às 18h30.

Abaixo, algumas pérolas:

"Sonhava ser contemplada no consórcio a cada freada do ônibus: dentro de um carro, ninguém te encoxa".

"O crime: querer seu espaço na cidade grande. A pena: 3 horas de detenção por dia no mínimo".

"A vontade que tinha era de abandonar o carro ali e ir mais rápido com sua cadeira de rodas".

"18:30 O ar-condicionado. E o gelo entre eles. Insuportáveis".
(Dica do Bem Legaus)

14 de dez de 2009

Uma ideia na cabeça e uma
vassoura na mão



A ação é do ano passado, mas o vídeo legendado só foi disponibilizado agora e, mesmo tardiamente, não poderia deixar de registra-lo aqui. Uma campanha exemplar em todos os sentidos!
Magrelas com a sua cara

Na era da personalização, onde tudo ou quase tudo pode ser moldado à nossa vontade, nada mais natural que ser o proprietário de uma bike feita sob encomenda para as nossas necessidades estéticas.
Nesta seara emergem marcas alternativas, como a Republic Bike, que a partir de um modelo básico abre 100 mil combinações de cores para quadro, selim, correia ou pneus, entre outras partes da estrutura.

Mesma estratégia da japonesa Pedal Mafia, que não apenas colore a magrela ao gosto do freguês, com também oferece customização de peças e componentes.

Fugindo um pouco do formato “Nike iD” sem derrapar no design e na exclusividade, a californiana James Perse aposta em edições limitadas de seu modelo cruiser de ares vintage. Já a Team Tentakulus, como boa alemã, aplica os princípios da Bauhaus para fazer uma releitura contemporânea do estilo chopper na sua Shocker, que tem produção limitada a 11 bikes por continente.
(via 284 Blog)
Pense no seu pior inimigo...

Para divulgar a série policial Je Tue Un Ami, o canal de TV francês 13eme RUE criou um site interativo com uma proposta bastante inusitada.

Ao acessar o endereço, você pode matar qualquer pessoa virtualmente. Basta subir uma foto do seu pior inimigo e o site faz uma projeção 3D da pessoa. Depois, é só escolher entre cinco assassinos, cada um com um método e um tipo de arma.

Como exemplo, veja no vídeo abaixo o que fizeram com o coitado do Rick Astley:

Wookieepedia: A Enciclopédia Jedi

Qual o ano de nascimento de Luke Skywalker? Em qual planeta os Jedis originalmente se formaram? Qual o nome da bisneta de Darth Vader?

Essas e outras curiosidades da saga Star Wars estão na Wookieepedia, uma espécie de Wikipedia voltada exclusivamente para o universo Star Wars onde se pode descobrir tudo e mais alguma coisa sobre uma das sagas cinematográficas de maior sucesso de todos os tempos.

Para os fãs, a referência é clara, mas se você ainda não entendeu a ligação, “Wookieepedia” é a mistura de “Wikipedia” com “Wookiee” – uma espécie de humanóide bípede peludo que habitava o planeta Kashyyyk e cujo mais notável membro foi Chewbacca, o melhor amigo e co-piloto de Hans Solo.

Tal qual a Wikipedia, trata-se de um espaço livre e colaborativo que já agrega cerca de 72 mil artigos detalhados sobre os filmes, bastidores, fãs, etc. Cada personagem, por exemplo, tem o seu artigo independentemente da importância do papel desempenhado nos filmes.

Na verdade, a wiki do Star Wars começou como um projeto ligado a ela. Em 4 de março de 2005, Chad "WhiteBoy" Barbry e Steven "Riffsyphon1024" Greenwood deram início ao que planejavam ser “a maior fonte de informação da saga, incluindo os filmes e o Universo Expandido”.

As referências à Star Wars estão por toda parte. Os programas criados para manutenção do sistema recebem o nome de “droids” (e não bots), sendo que o primeiro deles, responsável pela eliminação de repetições, foi chamado de R2-D2. Em seguida veio Whistler – que, segundo a Wookieepedia, é um robô da mesma série do R2-D2. Já o “Fórum” recebe o nome de “Senate Hall”.

E, “para quem curioso ficou”, Luke Skywalker nasceu no ano 19 BBY, os Jedis se formaram originalmente como um grupo de estudos filosóficos no planeta Tython e a bisneta de Darth Vader se chama Allana.
(Referência: Info)

13 de dez de 2009

Uma brasa, mora!

O titulo diz tudo “My Parents Were Awesome” e o conceito é esse … fotografias de um outro tempo onde os nossos pais ainda não eram pais. Momentos de cumplicidade, paixão, juventude … bem longe da visão que temos hoje deles. Uma autêntica máquina do tempo que nos leva ao que os fashionistas chamam hoje o mundo "vintage".

Um texto na home do blog diz bem a que veio:“Antes da pochete e dos shows do Andrea Bocelli, seus pais (e avós) já foram liberados, antenados na moda e super incríveis”.

Entre as imagens, muita calça boca de sino, cabelos compridos e black power, biquínis bem maiores do que os que vemos hoje em dia... Se você tem fotos legais para compartilhar, não perca tempo.
.
Fotos de Viagem

A Coleção Passaporte, que acaba de ser lançada pela editora Schoeler, é resultado de um desafio de “interpretação visual e sensorial do viajante em trânsito” feito a seis renomados fotógrafos brasileiros: Cristiano Mascaro, Bob Wolfenson, Pedro Martinelli, Beatriz Pontes, Marcelo Greco e Christian Maldonado. Eles escolheram doze imagens feitas por puro prazer distantes de casa, que compõem um livreto especial, nomeado conforme a cidade abordada.

Os livros trazem as 12 fotos de 5 a 7 centímetros cada e um texto para narrar essas viagens. Mesmo pequenas, se veem perfeitamente nas imagens as cenas de localidades como China, Miami, Patagônia, Paris e Brasília. Para fazer jus ao nome da coleção, possuem o formato de um passaporte, confeccionados com papel especial de fine art printing. Além de terem sido costurados à mão, possuem tiragem limitada de 250 exemplares, numerados e assinados pelo devido fotógrafo. O preço é de R$ 60 cada “passaporte”, R$ 360 o conjunto.

Muito mais que simples páginas de livros, são na verdade fotografias de colecionador. Por se encontrarem impressas apenas de um lado das folhas, podem perfeitamente ser emolduradas ao se descosturar a lombada. Duro é ter coragem de desmontá-los.
Geração Z

O que as crianças nascidas no ano 2000, agora com 9 anos, pensam da década que está acabando?

The decade according to 9-year-olds from allison louie-garcia on Vimeo.

11 de dez de 2009

JR, o Artivista

O fotógrafo francês JR é um jovem de 26 anos que escolheu as ruas de várias cidades ao redor do mundo como sua principal galeria e as ocupa para expor suas fotos de alto teor social em dimensões gigantes, como grandes intervenções urbanas. Auto-intitulado um Artivista (artista+ativista), JR realiza retratos sempre relacionados a temas como: engajamento social, liberdade e identidade.


A ideia por trás do seu trabalho é simples: retratar personagens que moram em áreas de conflito destacadas pela mídia e tentar mostrar o outro lado. Além do Morro da Providência, no Rio de Janeiro, o artista já passou pelo Sudão, Serra Leoa, Quênia, Libéria, Índia, Camboja, Laos e Marrocos.

O fotógrafo viaja com o dinheiro da venda de suas fotos - este ano, uma delas atingiu 26.250 libras num leilão da Sotheby's, em Londres. Sua proposta é fotografar rostos e imprimi-los em lambe-lambes de grandes dimensões, desconstruindo estereótipos. O objetivo secundário, mas não menos importante, é criar em lugares onde não existe arte.

Assista abaixo um vídeo gravado em abril deste ano, quando o artista veio ao país para a inauguração da Casa Amarela, o primeiro Centro Cultural do Morro da Providência, onde, em 2008, JR realizou a intervenção conhecida como '28 milímetros - Mulheres'.

Real Human Interface

Hi é uma instalação da Multitouch Barcelona, um grupo de performances interativas que explora as fronteiras entre a comunicação natural de pessoas e a tecnologia, misturando o campo do real com o digital e dando vida a peças muito criativas, como essa.

10 de dez de 2009

O anúncio mais honesto de todos os tempos

A Cullman Liquidation está no negócio de vender e transportar casas móveis de segunda mão no estado do Alabama, e fez este anúncio épico.



Portanto, se você está pensando em comprar ou transportar uma casa móvel, fale com a Cullman. Ou não, que eles não se importam…
Original Sound Track

Ricardo Seola é um brasileiro que voou para Milão e foi estudar design. Então ele inventou um brinquedo educativo diferente de tudo o que você já viu. Confira abaixo um vídeo demonstrativo:




(via UOD)
Seus problemas acabaram
(versão sachê de catchup)



(via CTRL+Pels)
Google Chrome Analógico

Absolutamente espetacular o vídeo produzido pelo Google, no Reino Unido, para mostrar, com brincadeiras que simulam ações digitais no mundo analógico, cada uma das principais características do Chrome, navegador que foi lançado para Mac também nessa semana.



(via Brainstorm#9)
Cube Works

Fazendo uso de um brinquedo característico dos anos 80, um grupo de designers criou uma nova forma de produzir arte, utilizando os lados dos cubos Rubik para criar figuras. O resultado é uma coleção de imagens icônicas da cultura pop, que vão desde as reproduções de Warhol a Leonardo Da Vinci. A construção da Última Ceia, por exemplo, entrou no Guiness como a maior na sua categoria, levando 4050 cubos e medindo 2,60 por 5,20 metros.
O projeto Cube Works é promovido pelo canadense Josh Chalom. As peças já são comercializadas e cada uma vem com um kit de instalação e um manual de instruções para serem facilmente montadas por qualquer um.

As imagens são obtidas por meio de recursos de computação gráfica, onde se obtem um número quase infinito de cores. Os artistas têm então de trabalhar nessa imagem pixelizada, reduzindo-a às seis cores do cubo de Rubik.

O Cube Works começou como uma experiência mas tornou-se um autêntico negócio quando começaram a chegar pedidos com imagens específicas de vários cantos do mundo.

(via Obvious)