10 de dez de 2009

Cube Works

Fazendo uso de um brinquedo característico dos anos 80, um grupo de designers criou uma nova forma de produzir arte, utilizando os lados dos cubos Rubik para criar figuras. O resultado é uma coleção de imagens icônicas da cultura pop, que vão desde as reproduções de Warhol a Leonardo Da Vinci. A construção da Última Ceia, por exemplo, entrou no Guiness como a maior na sua categoria, levando 4050 cubos e medindo 2,60 por 5,20 metros.
O projeto Cube Works é promovido pelo canadense Josh Chalom. As peças já são comercializadas e cada uma vem com um kit de instalação e um manual de instruções para serem facilmente montadas por qualquer um.

As imagens são obtidas por meio de recursos de computação gráfica, onde se obtem um número quase infinito de cores. Os artistas têm então de trabalhar nessa imagem pixelizada, reduzindo-a às seis cores do cubo de Rubik.

O Cube Works começou como uma experiência mas tornou-se um autêntico negócio quando começaram a chegar pedidos com imagens específicas de vários cantos do mundo.

(via Obvious)

Nenhum comentário:

Postar um comentário