16 de abr de 2013

Que tipo de casa imagina para si um homem que viveu em uma cela de 6x9 por mais de 40 anos?


O cara da foto aí em cima se chama Herman Wallace e ele é muito provavelmente o prisioneiro mais antigo em confinamento solitário nos Estados Unidos hoje. Ele já passou mais de 40 anos em uma cela de 6x9 em Louisiana, num presídio que se chama Angola. Preso em 1967 por um roubo em que ele admite culpa, ele acabou sendo condenado a prisão perpétua, ao lado de Robert King e Albert Woodfox, pelo assassinato de um guarda em um julgamento bastante controverso no episódio conhecido como Angola 3. Ele nega veementemente ter cometido o crime até hoje. Mesmo preso, Wallace foi um dos principais responsáveis pelo surgimento do movimento dos Panteras Negras na década de 70.



Comovida pelo drama de Herman, a então estudante de arte Jackie Sumell entrou em contato com ele por meio de uma carta com uma questão bastante provocativa: "Que tipo de casa imagina para si um homem que viveu em uma cela de 6x9 por mais de quatro décadas?" 

Uma série de cartas e alguns telefonemas foram trocados por anos para dar os subsídios necessários para que Jackie, ao lado do editor Ricardo Acosta e do animador Nicolas Brault, criassem o doc Herman's House, sem nunca terem encontrado pessoalmente o prisioneiro.


 "Alguém uma vez me disse que a chave para um bom documentário é o acesso. No entanto, de alguma maneira, eu me vi fazendo um filme em que eu não tinha acesso ao meu tema principal, Herman Wallace, ou minha locação principal, sua cela na prisão. No início desse esforço não convencional, percebi que toda a ideia de "acesso" foi crucial para dar verossimilhança à história de um homem que passou mais de quatro décadas em confinamento solitário. Sem acesso a Herman, eu optei por criar uma experiência de visualização que promove uma verdadeira imersão do público no que seria a vida  em uma solitária e, paralelamente, vislumbrar as perspectivas de uma pessoa nesse estado a respeito do que seria sua vida aqui do lado de fora depois de tantos anos".

O tragico enredo virou objetivo de vida para Jackie que se mobilizou  para transformar em realidade a 'casa dos sonhos' de Herman, enquanto ele aguarda o julgamento da sua última apelação à Corte de Louisiana.

A estréia do filme está prevista para 19 de abril em Nova York. Abaixo o trailer, cuja declaração de Herman Wallace no trecho final corta como uma navalha na carne: "Não importa se um dia eu vá morar nessa casa. O que importa é o que essa casa representa" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário