9 de out de 2013

11 argumentos visuais a favor das biografias não autorizadas e da realização de um Banned Books Week no Brasil

"Não seja um velho coronel, Caetano. Volte para o lado do bem. Um abraçaço do seu amigo". É dessa maneira que Benjamin Moser, autor de Clarice, encerrou hoje na Folha aquela que, na minha modesta opinião, foi a crítica mais contundente e certeira sobre a polêmica das biografias não autorizadas.   


Não tenho propriedade para entrar no mérito da questão, nem esse é o foco desse blog. Sugiro para os interessados a leitura dos textos de André Barcinski e Pedro Alexandre Sanches. O tema, contudo, me remeteu a um evento que acontece desde 1982 nos Estados Unidos chamado Banned Books Week. Ao longo de uma semana - a última edição foi no final de setembro -, bibliotecas e livrarias de todo o país dão destaque em suas prateleiras aos livros que foram ou estão sendo objeto de censura, bem como promovem leituras públicas de obras que receberam reclamações e pedidos para terem suas vendas suspensas. 

Paralelamente ao evento, uma série de imagens ganham a web, desde fotos das livrarias participantes, manifestações de apoiadores da causa, cartoons e posters. Reuni aqui as 11 imagens mais impactantes que encontrei e, desde já, manifesto com elas meu apoio às biografias não autorizadas e à realização de um evento similar aqui no Brasil. Estamos precisando de um desses urgentemente, antes que o nosso laureado Sirney se empolgue e incorpore esse movimento que ousam, além de tudo, chamar de 'Procure Saber'.












Nenhum comentário:

Postar um comentário