14 de jan de 2009

Membros de gangues de rua de Los Angeles descobriram uma oportunidade de ganhar um dinheirinho extra para o leite das crianças. Eles se organizaram e estão representando a si mesmos em grandes produções de Hollywood, como Dia de Treinamento, Colateral e Velozes e Furiosos. Eles também mostram a cara em videoclipes de Christina Aguilera, Justin Timberlake, Blink 182, 50 Cents e Cypress Hill.

A oportunidade foi criada em 2003 por Manuel Jimenez, fundador da Suspect Entertainment. O objetivo era localizar e agenciar tudo aquilo que os diretores de cinema precisavam: gente com cara de mal, viciados, traficantes, prostitutas, cachorros de gangsteres, carros de gangsteres, rostos de gangsteres tatuados, espancados e maltratrados pela vida nas ruas, e por aí vai.

Além de intermediar os contatos com os estúdios de Hollywood, a agência oferece um treinamento que consiste basicamente em fazer caras e bocas: "Demonstre medo, raiva, ódio... Junte os dedos e finja que sua mão é uma pistola e atire para matar..." O negócio, enfim, prosperou. Hoje qualquer um dos trinta atores da Suspect recebe pelo menos US$ 750 por dia de trabalho (a taxa da agência é de 20%). De acordo com Jimenez, todos são pontuais, comprometidos e não esquecem seus textos.

(via Maxim)

Nenhum comentário:

Postar um comentário