26 de mar de 2012

The Icecreamists



Paredes pintadas de preto, uniforme fetichista, logotipo com caveira, poltronas vitorianas e neons podem cair muito bem em uma casa noturna, um bar mais alternativo, um clube sadomasoquista, um reduto gótico que seja, mas não em uma sorveteria, certo?





Errado! A The Icecreamists em Londres está aí para provar o contrário. Os sorvetes não deixam a desejar também na ousadia e têm sabores bem diferentes, com misturas com nomes tais como Sex Bomb (fior de latte com ginkgo biloba e guaraná, coberto com raspas de cítricos), Coquetel Molotoff (sorvete de doce de leite com licor de creme de banana e merengue) e Dark Side of the Spoon, que é sorvete, café expresso e rum.



O fundador da boutique de sorvetes, se é que assim podemos dizer, Matt O’Connor, é um especialista em polemizar e atrair os holofotes da mídia para seu empreendimento. Com um controverso sorvete de leite materno batizado de Baby Gaga - o leite era fornecido pelas mães que responderam a um anúncio no site Mumsnet - conseguiu todo o buzz necessário para tornar a The Icecreamists conhecida nos quatro cantos do planeta. Outra sacada foi o Sex Pistol, um sorvete que ele garantia produzir efeitos similares aos do Viagra e que tinha em sua composição além de vários energéticos naturais, nada mais nada menos do que Absyntho!



Um comentário: