14 de fev de 2011

Cuba Encantadora

"Vejo mártires e vejo pó, vejo bonecas e lustres de lágrimas de cristal, vejo rituais diante das portas, os mesmos que não conseguiram desfazer a pior maldição de Havana, a mais profunda e eterna: 'Ser bela e ser escrava'. Amuralhada e sozinha, mil vezes sozinha entre congas e risos, 
grita com o vento"                                                       

(Wendy Guerra)

 
Tomo emprestadas as palavras da jovem escritora cubana Wendy Guerra, autora do best seller 'Nunca fui primeira dama' para apresentar o genial trabalho que Michael Eastman, um dos maiores fotógafos da atualidade, realizou em Havana.


Eastman registrou as deslumbrantes fachadas e ambientes da cidade que você confere nesse post e em seu site











Nenhum comentário:

Postar um comentário