12 de set de 2009

Ex-presidiários se tornam guias turísticos e orientam turistas a evitar assaltos em Nápoles

Um programa experimental da prefeitura de Nápoles, Itália, pretende dar mais segurança e orientação aos turistas que se perdem por suas vizinhanças não muito amigáveis de uma forma inovadora, para não dizer irreverente.

Trata-se do projeto Esco-Dentro, onde os guias, especialistas em conduzir e orientar turistas a como evitar batedores de carteira, são na verdade ex-batedores de carteira.

Usando coletes amarelos, eles podem ser encontrados escoltando grupos através de vizinhanças um pouco arriscadas, ajudando com bagagens mais pesadas, e dando sugestões sobre como evitar pequenos roubos (“você não deveria estar usando esse relógio vistoso, deveria?”). Todos os serviços são gratuitos.

Fazem parte do projeto oitenta ex-presidiários que estão adorando a ideia, já que, além de embolsar $700 limpos por mês, enxergam nesse tipo de projeto uma alternativa para se reintegrar a sociedade e se afastar da tentação de trabalhar novamente para o crime organizado.

A fase experimental do projeto vai até novembro.

(via GlobalPost)

Nenhum comentário:

Postar um comentário