28 de jul de 2009


Uma ideia inovadora para um varejista de alimentos: unir a compra online com a retirada dos produtos no ponto de venda, sem a necessidade de sair do carro. Esse é o conceito da francesa Chronodrive., criada para contornar algumas das principais barreiras atuais à disseminação das compras online de alimentos: preocupações com privacidade; serviço de entrega sem flexibilidade, caro e pouco conveniente, e falta de confiança nos pagamentos online.

A Chronodrive foi desenvolvida pelo grupo varejista Mulliez na cidade de Lille, em 2004, para atender as necessidades de um grupo crescente de consumidores que querem que suas compras de supermercados sejam simples, rápidas e flexíveis. Todas as lojas da marca estão localizadas em cruzamentos importantes de vias expressas, como forma de aproveitar um fluxo intenso e constante de potencias consumidores.


Funciona como um e-commerce tradicional, com as imagens e descrição dos produtos e a colocação dos itens em um carrinho. Os pedidos podem ser pagos online ou na hora da retirada dos produtos.


Após a realização da compra online é chegada a hora da retirada dos produtos que pode ser efetuada na loja mais próxima duas horas depois da confirmação do pedido e fica disponível pelas 24 horas seguintes. Para retirar as compras, os clientes entram no terreno da loja, param o carro ao lado de um dos quiosques disponíveis e digitam o código da compra.
Os quiosques são ergonomicamente projetados para que os consumidores façam a transação com conforto de dentro do carro. O passo seguinte é parar o carro em uma vaga numerada da área de recebimento e aguardar no máximo cinco minutos (a média é de 2min30s), tempo que demora para que um funcionário da loja finalize o pedido, leve-o ao carro e coloque as compras no porta-malas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário