27 de mar de 2009


O jornalista Mikael Blomkvist acaba de ser condenado e sentenciado a três meses de prisão domiciliar por difamar um poderoso financista. Recebe, então, uma proposta intrigante: o grande industrial Henrik Vanger quer contratá-lo para escrever a biografia de sua conturbada família. Mas, sobretudo, Vanger quer que Mikael investigue o sumiço de sua sobrinha Harriet, desaparecida sem deixar vestígios há quase 40 anos. Henrik também se dispõe a salvar a Millenium, revista capitaneada por Mikael, e que se encontra em risco de falência.

Harriet desapareceu quando sua família se reunia para um encontro. Inteligente e sensível, a moça era a favorita de Henrik. Suspeitos não faltam. Em sua busca febril, Mikael recebe a ajuda de uma jovem e genial hacker, Lisbeth Salander, cuja magreza anoréxica e as infinitas tatuagens espalhadas pelo corpo chocam tanto quanto sua incapacidade incomparável de invadir computadores e virar de cabeça para baixo a vida das pessoas.

Esse é um breve resumo da obra 'Os homens que não amavam as mulheres', primeiro número da trilogia Millenium, do sueco Stieg Larsson. Acabei de ler num fôlego só e te digo que é mosca branca da primeira à última página. Um dos melhores livros de suspense que li nos últimos tempos. Recomendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário