27 de fev de 2009


Nascida em Los Angeles e criada em Paris, a ex-estilista Natalie Massenet criou um dos mais conceituados endereços de artigos de luxo do planeta, o Net-a-Porter. Atualmente com 100 mil clientes ativos e vendas de US$ 75 milhões, o projeto criado há oito anos é uma comunidade e um portal de compras online que reúne trabalhos de alguns dos mais respeitados designers de moda da atualidade. As páginas são vitrines dos modelos mais recentes, com fotografias em alta resolução de Azzaro,Calvin Klein, Chloé, Dolce & Gabbana, Donna Karan, Fendi, Givenchy, Gucci, Karl Lagerfeld, Marc Jacobs, Oscar de La Renta, Prada, Ralph Lauren, Stella McCartney, entre muitos outros. Todas as peças estão disponíveis para compra. O custo do envio para o Brasil é em dólares e a entrega se dá em até cinco dias úteis.

O site tem também um editorial aguçado com as últimas tendências do que comprar e do que não comprar, fofocas, recomendações, variedades, vídeos e gráficos interativos. O Net-a-Porter funde, de modo exclusivo - muitas das marcas parcerias nunca haviam feito qualquer tipo de ação online -, conteúdo, comércio, aconselhamento e comunidade. Os comentários e opiniões são feitos por jornalistas de moda da Vogue e da W.

No final do ano passado, o site lançou um serviço que envia e-mails aos homens, informando que suas parceiras acabaram de identificar um item desejado. É so clicar e encomendar o presente.

Para as consumistas de plantão, neste mês de fevereiro, o Net-a-Porter lançou sua versão outlet e passou a oferecer em suas prateleiras virtuais peças por preços bem mais baixos.

Um comentário: