30 de jan de 2013

The Graphic Canon - Uma obra definitiva que reúne as versões de mestres dos quadrinhos para as grandes obras da literatura mundial


Ler - ou reler - obras essenciais da literatura narradas no formato de quadrinhos. Essa é a premissa da série "The Graphic Canon", cujo terceiro e último volume acaba de ser lançado. A editora é a norte-americana Seven Stories.  No Brasil, a obra permanece inédita.



O editor da trilogia de quase 1500 páginas, Russ Kick, sabe da encrenca que pode significar verter livros clássicos para o formato de gibis - a transição costuma torcer o nariz de alguns puristas. Diplomático, diz que o intuito é “apenas demonstrar que essas histórias ainda tem significado" ao apresentá-las de uma nova maneira.


(Jane Eyre de Charlotte Brontë)


(Moby Dick de Herman Melville)
 
Procurados pelo editor, os artistas convidados - Robert Crumb, Will Eisner, Gris Grimly, John Coulthart, Bill Sienkiewicz, entre outras feras -  puderam escolher as obras que iriam desenhar a partir de uma lista ou sugerir outros títulos. Detalhe:  ninguém optou por "Finnegans Wake" de James Joyce!


(O Corvo de Edgar Allan Poe)


(Lord Byron - She walks in Beauty)


(Orgulho e Preconceito de Jane Austen)


(Folha de Relva de Walt Whitman


  (Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll)

Nenhum comentário:

Postar um comentário