20 de abr de 2012

Tirando uma do noticiário


Muita gente só tomou conhecimento da existência do Twitter pelos furos jornalísticos que a rede social deu, deixando meios de comunicação tradicionais comendo poeira. Consequentemente, não faltam hoje emissoras de TV, rádios, portais e agências de notícias que usam a rede social como referência em suas pautas diárias. Isso é preocupante. Até porque não são poucos os casos em que os tais furos se transformam em grandes engodos. Falta de apuração e checagem dos fatos.

Como rir, muitas vezes, é o melhor remédio, vale ressaltar um outro aspecto em que o Twitter se mostra pródigo: o sarcasmo, ou se preferir, a irreverência. Não faltam na rede boas paródias e, no que diz respeito ao exercício do jornalismo – ou não exercício - propriamente dito, o terreno é bastante fértil em termos de gozação.  Os usuários da rede estão ficando cada vez mais mais rápidos e hábeis, diga-se de passagem, na criação e manutenção de perfis fakes dos meios ou mesmo se transformando em fontes próprias de notícias non sense. O retorno de audiência em ambos os casos tem se mostrado retumbante. O Mashable publicou hoje, a propósito, uma boa amostra dessa tendência com um post intitulado ‘10 Hilarious Parody News Accounts on Twitter’. Para se ter uma ideia, os perfis The Fake ESPN e The Fake CNN tem, respectivamente, 200 mil e 100 mil seguidores.



Por aqui, como não poderia ser diferente, não faltam humoristas – e dos bons - que pautaram seu dia a dia em ‘tirar uma’ com o noticiário. Nesse quesito, o Sensacionalista, que virou até programa de TV, nada de braçadas. Tem mais de 115 mil seguidores e acumula grandes tiradas, como as que você pode ver a seguir:



Embora não tenha um perfil específico, o The Piaui Herald, blog feito pelo pessoal da Piauí, também manda muito bem. Tem seus posts disseminados pelo perfil oficial da revista, e não fica atrás em termos de ousadia:



O Ego Estagiário, por sua vez, direciona sua artilharia para a cobertura de celebridades, na maior parte das vezes, hilária por si só:


Outros vem na mesma linha: G17, R17, Estadaos, MeiuNorte... Enfim, criatividade não falta e, ao que parece, a competência em tirar um sarro, ultimamente, vem se destacando em relação à habilidade em informar, pelo menos no Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário