21 de jun de 2011

Tecnologia de ponta contra a asma

Sofro de asma desde os 7 anos e, desde então, carrego minha bombinha para todo canto. Não tem jeito. Já me acostumei com isso e noto que, infelizmente, trata-se de um mal de proporções enormes e crescentes, sobretudo em decorrência da péssima qualidade do ar que respiramos.


Diante desse contexto, não poderia me furtar a divulgar aqui um projeto muito bacana que tomei conhecimento em uma palestra proferida pelo dudex, que assisti recentente. Trata-se do Spiroscout, um inalador com GPS e Wi-Fi embutido, desenvolvido pela empresa Asthmapolis.


O grande barato é que o Spiroscout armazena seus dados cada vez que você tem que usá-lo e os compara com dados de outras pessoas. Ao ser conectado por USB a um PC, ele permite que você comece a gerar um mapa dos lugares que mais afetam a asma, permitindo que outras pessoas possam evitá-los. O inalador também armazena informações sobre o momento exato em que foi utilizado, expondo os momentos do cotidiano que tendem a desencadear um ataque de asma com mais frequência.

Resultado de uma pesquisa de quase dois anos do Dr. David Van Sickle, cientista da Universidade de Wisconsin-Madison, o aparelhinho pretende auxiliar médicos e epidemiologistas no acompanhamento dos pacientes.

O site do produto anunciou que interessados podem se inscrever para receber uma versão teste do aplicativo do Asthmapolis (por enquanto apenas para os Estados Unidos) e reservar o Spiroscout, que ainda não está à venda. O vídeo abaixo, contudo, mostra como tudo vai funcionar, em detalhes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário