18 de mai de 2011

GigWalk - Um lobo em pele de cordeiro

A start up Gigwalk acaba de lançar um aplicativo que tem tudo para transformar qualquer um, literalmente, em repórter do Nelson Rubens. Basicamente, ela promete remunerar as pessoas para tirar fotos, gravar vídeos ou repassar informações via iPhone.


Teoricamente, o enfoque é colaborar em projetos de crowdsourcing ou mapeamento de campo, mas tenho sérias dúvidas que prevaleça. Veja lá: as empresas contratantes se cadastram no serviço e postam pequenos jobs, que vão desde pedir para um usuário tirar fotos do menu de um determinado restaurante ou responder uma série de questões como “o estabelecimento tem rampa para cadeiras de rodas?” Coisa bem inocente, sabe?! Através de um aplicativo no iPhone, os membros do Gigwalk podem se cadastrar para realizar tarefas perto do local onde estão em troca de 3 a 90 dólares, dependendo da complexidade do trabalho.


Através do GPS presente nos smartphones é possível verificar que a pessoa realmente esteve no local certo para realizar a tarefa. Aqueles que completam o maior número de tarefas, e com maior habilidade, conseguem uma reputação melhor no ranking do site e são chamados para mais trabalhos.

Por enquanto, o serviço só está disponível nos Estados Unidos, mas potencialize o efeito disso aqui no Brasil e imagine as revistas e programas de fofocas e bizarrices como contratantes ávidos por flagras... Isso para não entrar no mérito de caçadores de potenciais segredos industriais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário