25 de jul de 2010

Não deixe nenhuma história sem ser contada


As peças que ilustram esse post não são muito incomuns no noticiário: acima, um homem árabe atônito ao ver sua casa incendiada e, abaixo, um menino carregando um armamento pesado. Sutilmente, a campanha da Y&R de Portugal traça as linhas de diagramação do jornal de forma a ressaltar nas cenas as duas figuras humanas. O slogan diz: Não deixe nenhuma história sem ser contada. Os anúncios divulgam o Prêmio de Jornalismo da Fundação AMI, uma ONG portuguesa criada em 1984 que atua em várias causas humanitárias – de saúde ao meio ambiente.


O Prêmio Jornalismo Contra a Indiferença foi criado em 1999 para incentivar a abordagem jornalística de temas que combatam a intolerância e a indiferença em qualquer lugar do mundo. Este ano, a reportagem premiada foi da jornalista portuguesa Cândida Pinto, da SIC, e trata da situação das crianças moçambicanas que perderam os pais por causa da Aids. Confira a primeira parte da matéria:



(via CIP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário