5 de mai de 2010

Olhe para mim! Olhe para mim! Olhe para mim! Não deixe de olhar para mim...



(via Desculpe a Poeira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário