3 de mai de 2010

O dia em que os muros de Madri sangraram


Luzinterruptus é um coletivo espanhol anônimo, responsável por relizar intervenções urbanas em espaços públicos durante a noite. Formado por três componentes vindos das artes plásticas, fotografia e iluminação, o grupo utiliza sempre a luz como matéria-prima de suas obras. Atuando nas ruas de Madri no final de 2008, seus membros têm como objetivo iluminar locais que apresentam problemas e que geralmente passam despercebidos às autoridades e aos cidadãos.



Na ação intitulada 'Publicidad herida de muerte', o trio realizou uma crítica à grande quantidade de material publicitário disposto sem piedade sobre os muros das ruas da capital espanhola.


Buscando representar o sofrimento e a dor gerados pela quantidade de material fixado às paredes, o grupo criou verdadeiras feridas abertas na superfície dos muros. A intervenção contou com a utilização de papel simples, luzes e um pouco de tinta.


(via Zupi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário