16 de ago de 2009


Não tem jeito: com a lei antifumo em vigor, os cinzeiros dos bares e restaurantes de São Paulo acabaram ficando obsoletos. O que fazer com os coitados, jogar no lixão? Nada disso, eles agora vão virar objetos de arte e gerar doações para a Fundação do Câncer. Esse é o projeto do coletivo LDC, que já está recolhendo os cinzeiros de vários estabelecimentos, como Dom, Fasano, Vegas, Sonique e Rubayat, e entregando para artistas plásticos, estilistas, fotógrafos e arquitetos (ex: Vik Muniz, Alexandre Herchcovitch, Bob Wolfenson e Triptyque).

A transformação de cada um será registrada em foto e/ou vídeo e vai compor uma galeria virtual no site do projeto , enquanto os cinzeiros-arte ficarão à venda no próprio bar ou restaurante que o doou. O valor arrecadado será doado para o tratamento de combate ao câncer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário