20 de mar de 2009

Mosquiteiro


A inspiração para o Gallo i Vino, restaurante aberto no final do ano passado na Rua João Cachoeira no Itaim Bibi, vem das galeterias típicas da Serra Gaúcha. Populares no Rio Grande do Sul, esses endereços dispõem quase sempre de ambiente simples e comida farta.

Dividida em três etapas, a refeição se inicia por pão caseiro, berinjela em conserva, molho tártaro e salada mista (alface, cebola e tomate), além de deliciosos palitos de polenta frita e tulipa oliva. Adota-se esse nome para a parte central da asa de frango temperada em salmoura de azeitona verde. Ela chega acompanhada de lavanda, para que seja saboreada com as mãos.

A fase seguinte reúne massas como espaguete ao sugo e ao pesto. Bom mesmo, no entanto, é o tortelli de abóbora regado por molho de creme de leite. No arremate, surge o galetinho salpicado de queijo grana padano na forma de coxa, sobrecoxa e peito. Há ainda uma ótima costela suína, salgadinhos de queijo fritos, salada de almeirão ao bacon, maionese de batata e, mais uma vez, polenta.

As sobremesas mostram-se tentadoras. Introduzido no sul do país por imigrantes alemães e batizado de cuca, o bolo coberto de farofa doce crocante vem assentado sobre doce de leite, tudo morninho, para contrastar com o sorvete de creme.



Barato e bom! Muito bom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário