4 de fev de 2009


Com presença em mais de duas mil lojas de 22 países, a Icebreaker, empresa produtora de roupas de lã sediada na Nova Zelândia, colocou em prática um conceito que poucas indústrias teriam condições ou coragem de fazer. A idéia é promover um movimento de 'sustentabilidade transparente', ou seja, provar e mostrar que todas as etapas envolvidas no processo de fabricação de suas roupas respeitam o meio ambiente.

Ao entrar no site da empresa, o cliente pode rastrear a procedência da roupa adquirida a partir de um código único constituído por letras e números impresso na etiqueta (Baacode). Seguindo as instruções, é possível verificar a procedência do produto desde a origem da lã utilizada até acompanhar o processo de produção (produção da malha, tinturaria, corte e acabamento). Mais do que informações, o usuário tem acesso a fotos e vídeos de todo o processo e instalações.

A empresa foi fundada por Jeremy Moon em 1995 com o propósito de vender malhas esportivas desenvolvidas a partir de fibras naturais. Ao analisar o mercado, o empresário procurou se diferenciar e desenvolveu um vestuário natural renovável, tendo como base a lã de merino, resistente ao fogo e à chuva. Essa lã é proveniente de uma raça de carneiros que habita as regiões da Nova Zelândia e Austrália. Sua lã é caracterizada pela altíssima qualidade e é tida como a mais nobre para uso em vestimentas e artigos de decoração.

A Icebreaker pode ser considerada hoje a maior fabricante de peças de lã do tipo merino do mundo.
Sim, isso é lã!

Nenhum comentário:

Postar um comentário