24 de jan de 2009


Eles treinam em um terreno de 240 mil metros quadrados cercados pela mata atlântica. Dispõem de alojamentos confortáveis, sala de musculação, refeitórios, espaço específico para fisioterapia, seis vestiários, piscina externa para treino e lazer, salão de jogos e estacionamento para 500 carros. Acabaram de inaugurar um estádio próprio com capacidade para 11 mil pessoas, chamado Los Larios. Eis a estrutura do caçula do campeonato carioca de futebol, que estréia hoje contra o Duque de Caxias, no Estádio Marrentão.

O Tigres do Brasil, fundado pelo nicaraguense Miguel Larios em 2004, inspirado no time mexicano homônimo, planeja este ano ainda abrir mais três campos, um ginásio poliesportivo, um museu do futebol, um heliporto e um hotel cinco estrelas com 48 apartamentos para abrigar delegações de outras regiões do Brasil e até do exterior para intercâmbio.

Diante de tudo de ruim que os times de futebol do Rio têm apresentado nos últimos anos, pode estar surgindo uma mosca branca aí. Tomara!

Nenhum comentário:

Postar um comentário